terça-feira, 3 de abril de 2012

Roberto Carlos: Investigação foi desenvolvida pela delegacia da PF em Juazeiro

                                              
              A população de Juazeiro e região amanheceu com uma surpresa e tanto nesta terça-feira( 3 ). A Operação Detalhes investiga os crimes de peculato,sonegação fiscal,formação de quadrilha e lavagem de dinheiro. Segundo informações,as denúncias sobre o Deputado Roberto Carlos foram iniciadas na Delegacia da PF em Juazeiro. A investigação durou dois anos e apontou o desvio de recursos públicos por meio de um esquema que envolvia funcionários fantasmas do deputado estadual Roberto Carlos( PDT ).
             Segundo a Polícia Federal,assessores parlamentares do pedetista não desempenhavam suas funções,recebiam entre R$ 3 mil e R$ mil mensais e transferiam parte do dinheiro para as contas do deputado,da sua companheira e um de seus filhos. O período de irregularidades observado vai de 2008 a 2010. Entre os locais de cumprimento dos doze mandados de busca e apreensão estão a Assembleia Legislativa da Bahia,o Serviço de Atendimento ao Cidadão( SAC ) de Juazeiro - onde trabalhava uma das supostas assessoras de Roberto Carlos - assim como as residências do parlamentar e de outros oito investigados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário